sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Heliópolis recebe projeto educacional itinerante

 

Projeto AES Eletropaulo na Comunidade pretende envolver cerca de 400 estudantes por dia até final de setembro; iniciativa que já recebeu neste ano 13 mil crianças e adolescentes complementa ações do Programa de Regularização de Ligações Elétricas da AES Eletropaulo

 

Chegou a vez de a região de Heliópolis receber o projeto AES Eletropaulo na Comunidade. A população, sobretudo os estudantes de escolas públicas da região, vai conhecer mais a fundo o fascinante universo da energia elétrica. Com o apoio da Subprefeitura do Ipiranga, a AES Eletropaulo montou estações temáticas, seis tendas em uma área de 2.500 metros quadrados com várias atrações, na Casa de Cultura Chico Science (Rua Abagiba, 20 – Sacomã – altura do nº 1.200 da Av. Tancredo Neves).

 

As atividades envolvem por dia cerca de 400 alunos do ensino Fundamental e Médio da rede pública, de segunda-feira a sexta-feira, até o final de setembro.  A cada sessão, que dura em média duas horas, as crianças aprendem e se divertem com atividades que criam situações lúdicas e de interatividade a respeito do consumo eficiente de energia, uso seguro e a importância da eletricidade na vida moderna.

 

De maio a julho, o projeto esteve no Parque Raposo Tavares para receber crianças e estudantes das comunidades locais e também de Paraisópolis. Ao todo 13 mil alunos de 25 escolas públicas visitaram o projeto.

 

O programa tem como foco as escolas, principalmente aquelas em comunidades que passaram por processos de regularização de energia elétrica. Aos finais de semana, o programa é aberto à comunidade. As inscrições devem ser feitas no próprio local ou pelo telefone 0800-291-0566.

 

"Além de ser algo bastante divertido, com o uso de recursos tecnológicos e interativos, atraímos a atenção dos estudantes e proporcionamos aprendizagem de modo mais fácil, o que permite que eles coloquem em prática no dia-a-dia o conhecimento e o multipliquem entre seus colegas, amigos e familiares", afirma Luciana Alvarez, gerente de Comunicação Externa e Responsabilidade Social da AES Eletropaulo.

 

Esta iniciativa da AES Eletropaulo complementa as ações de seu Programa de Regularização de Ligações Elétricas. Desde 2004, quando teve início, já foram beneficiadas cerca de 1,2 milhão de pessoas, de 767 comunidades de baixa renda na área de concessão da AES Eletropaulo (24 municípios, incluindo capital, na região metropolitana de São Paulo).

 

Laboratório lúdico – Em uma das estações, os estudantes simulam a geração de energia ao pedalar bicicletas e ver pontos de luz se iluminarem em um painel que simula uma rua, com postes, rede elétrica e casas. A certa altura, uma ligação feita de modo inadequado, o chamado "gato", mostra como a energia é desviada, colocando em risco o fornecimento para os demais pontos. Para manter o nível, a criançada tem que suar e aumentar o ritmo das pedaladas.

 

Em outro cenário, elas interagem com um "vídeo-quiz" projetado em 180 graus. Uma animação com os personagens da família AES ensina dicas de consumo consciente e seguro em casa, ao empinar pipas, e os riscos das construções e antenas próximas à rede elétrica.

 

Para aprender a escolher equipamentos elétricos mais eficientes, os estudantes simulam compras de eletrodomésticos, verificando a potência de consumo e as informações do selo Procel.

 

Ter noção sobre o desperdício no consumo de energia elétrica é mais um ponto alto das atividades. Com a ajuda de calculadoras gigantes, os participantes percebem o impacto da atitude individual, calculando a projeção da economia de seu consumo em casa, na cidade ou mesmo no País. Em outra estação, com projeções audiovisuais os alunos conhecem a história da energia elétrica e o processo de geração em uma usina hidrelétrica.

 

Dicas de consumo – O mau uso de equipamentos elétricos está entre as principais causas de desperdício de energia em casa e no escritório. Lâmpadas acesas sem necessidade, pouco aproveitamento da luz natural, equipamentos ineficientes só fazem aumentar a conta de energia.

 

Equipamentos eficientes

ü      Procure comprar equipamentos de boa qualidade e de fornecedores confiáveis.

ü      Compre aqueles que possuam selo Procel (atesta que o equipamento passou por análises técnicas e apresenta boa performance de economia).

Chuveiro

ü      Representa cerca de 30% do consumo. Evite banhos demorados, assim como uso nos horários de pico (17h30 às 20h30) para não sobrecarregar o sistema.  

ü      Não tente reaproveitar uma resistência queimada. Além de provocar aumento de consumo, põe em risco sua segurança.

ü      Ajuste a posição verão/inverno de acordo com a necessidade, sempre desligando o chuveiro para fazer esta alteração. Essa medida pode proporcionar economia de até 30% no uso do chuveiro.

Ferro elétrico

 

ü      Corresponde de 5% a 7% do consumo de uma residência. Ligado várias vezes ao dia provoca grande desperdício.

ü      Habitue-se a acumular a maior quantidade possível de roupas para passá-la de uma só vez.

ü      Regule a temperatura, seguindo as orientações do fabricante, para cada tipo de roupa a ser passada.

 

Geladeira/freezer

 

ü      Representa 30% do consumo de uma residência. Não abra a porta sem necessidade ou por tempo prolongado e retire os alimentos de uma só vez.

ü      Evite forrar as prateleiras com plásticos, tábuas, vidros ou quaisquer outros materiais para não dificultar a circulação interna do ar frio.

ü      Verifique o estado da borracha de vedação.

ü      A instalação da geladeira deve ser feita sempre longe de fontes quentes como fogão ou forno.

 

Luzes

 

ü      Iluminar bem não significa iluminar demais. Há ambientes em que a iluminação pode ser reduzida ou até mesmo eliminada.

ü      A luz natural deve ser aproveitada sempre que possível.  

ü      Prefira lâmpadas fluorescentes compactas ou circulares (para cozinha, área de serviço, garagem e qualquer outro local que fique com luzes acesas mais de quatro horas por dia).

ü      Use cores claras de tinta no teto e nas paredes internas. Elas refletem melhor a luz.

 

Sobre a AES Eletropaulo: Distribui energia elétrica para 24 municípios da região metropolitana de São Paulo – incluindo a capital – que, juntos, abrigam uma população de 16,5 milhões de habitantes. A área de concessão atendida pela empresa abrange 4.526 quilômetros quadrados e concentra a região socioeconômica mais importante do país, com 5,8 milhões de unidades consumidoras. Em consumo e faturamento, a AES Eletropaulo é a maior distribuidora de energia elétrica da América Latina.

 

Serviço

 

Projeto AES Eletropaulo na Comunidade

 

Funcionamento:

             De 17 de agosto a 30 de setembro9

De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h – alunos das escolas públicas da região

(pré-agendadas)

Sábados, das 10h às 14h – aberto a população em geral

Reservas: 0800-291-0566 (ligação gratuita)

 

Espaço:

Seis estações temáticas, montadas em tendas em um espaço de 2.500 metros quadrados

 

Localização:

R. Abagiba, 20 - Sacomã – (altura do número 1.200 da Av. Tancredo Neves)

 

 

Assessoria de Imprensa AES