quarta-feira, 17 de março de 2010

Subprefeitura Ipiranga faz operações para disciplinar o comércio na região

Subprefeitura Ipiranga faz operações para disciplinar o comércio na região

Em duas ações realizadas no mesmo dia, um estabelecimento foi fechado e mercadorias vendidas por ambulantes foram apreendidas

Imagem do post

A Subprefeitura Ipiranga lacrou nesta segunda-feira (15/3) uma funilaria na rua Arroio Grande, 570, no Sacomã. O proprietário do estabelecimento comprava carcaças de veículos e as deixava na rua. A ação da subprefeitura atendeu aos pedidos de moradores da região, preocupados com a segurança do local, já que as carcaças eram usadas como abrigo por usuários de drogas.

O processo, em relação ao estabelecimento, teve início em julho do ano passado, quando a Subprefeitura multou o proprietário da funilaria em R$ 310 por não ter licença de funcionamento. Em abril deste ano, em nova vistoria, os agentes municipais aplicaram outra multa, desta vez no valor de R$ 2.697, também por falta de licença de funcionamento e deu prazo de 5 dias para que as atividades daquele estabelecimento fossem encerradas. Ontem, ao verificar o descumprimento das determinações legais, o estabelecimento foi lacrado pela Subprefeitura Ipiranga, que contou com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Metropolitana. Além disso, o proprietário foi multado pela terceira vez, agora no valor de R$ 5.394.

Se a funilaria voltar às atividades, o proprietário será novamente multado e o caso será levado à Polícia Civil, para abertura de inquérito. No mesmo dia, funcionários da Subprefeitura apreenderam quatro barracas de ambulantes, na rua Manuel Buchalla, no Ipiranga. Os proprietários não tinham TPU (Termo de Permissão de Uso) da Prefeitura de São Paulo. Na operação, foram apreendidos 35 sacos com CDs pirateados, cigarros e roupas. As pessoas que comercializavam roupas poderão recuperar as mercadorias apresentando nota fiscal de compra e após pagamento de multa no valor de R$ 192,60 por comércio em via pública, sem autorização do município. Os outros produtos serão destruídos.

 

Assessora de Imprensa
Subprefeitura Ipiranga