sexta-feira, 23 de abril de 2010

Subprefeitura Ipiranga realiza mais um flagrante de descarte ilegal de entulho

 

Operação em ponto viciado de descarte de materiais impede ação criminosa

 

 

 

O setor de fiscalização da Subprefeitura Ipiranga surpreendeu na madrugada desta sexta-feira (23), um motorista que jogava uma caçamba de entulho na rua Prof. Artur Primavesi com rua Estevam Pedroso, no Parque Bristol. A ação ocorreu pouco antes de uma hora da madrugada. O entulho seria jogado num terreno baldio, ao lado do CEU Parque Bristol.

 

O motorista foi impedido pelos Policiais Militares e pelo agente vistor da Subprefeitura Ipiranga. Na delegacia, o acusado confirmou que ia jogar os materiais no terreno e que o entulho havia sido recolhido na tarde desta quinta-feira, de uma obra que fica perto do local do crime.

 

O acusado foi multado em R$ 500,00 e teve o caminhão apreendido. O veículo só será devolvido após pagamentos da multa, das diárias no pátio da Subprefeitura Ipiranga e depois que toda a documentação e condições do caminhão estiverem em conformidade com a lei.

 

 

Punições

É Importante lembrar que o descarte de lixo e entulho, de forma irregular, prevê punição tanto para o cidadão que joga o lixo ou entulho em local inapropriado quanto para o que contratou o serviço. Para se resguardar de que o entulho produzido terá sua correta destinação, a pessoa que gerou aquele material, em primeiro lugar, precisa saber se a empresa possui licença e permissão para o funcionamento e, além disso, exigir a documentação de destinação final do descarte. Este documento serve como um recibo que comprova a legalidade do trabalho realizado.

Toda empresa prestadora deste tipo de serviço deve estar devidamente cadastrada e autorizada pela Prefeitura da Cidade de São Paulo e pela CETESB para funcionar. Para conhecer a lista das empresas credenciadas, basta acessar:

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/servicos/limpurb/cadastro_limpurb/index.php?p=4629