segunda-feira, 15 de julho de 2013

Heliópolis: Prefeitura exclui 200 pessoas da fila do cadastro

Secretaria Municipal da Habitação já conseguiu excluir 200 pessoas do sistema de cadastro. Elas tentavam se passar por desabrigados do incêndio da Comunidade da Ilha, em Heliópolis
Figura 1 Foto Gil Félix Bento/ Subprefeitura Ipiranga

Cerca de 200 pessoas que tentaram se cadastrar para o recebimento do auxílio aluguel e pleitear atendimento definitivo nos programas de moradias, alegando indevidamente pertencerem à Comunidade da Ilha, em Heliópolis, foram excluídas do serviço entre quarta-feira (10) e o início da tarde desta sexta-feira (12) pelas equipes da Prefeitura.

Segundo a Secretaria Municipal da Habitação, a conferência de quais famílias realmente ficaram desabrigadas por conta do incêndio que atingiu a comunidade no último domingo (7) é feita com a ajuda de lideranças de moradores e listas anteriores de órgãos como unidades de saúde, Eletropaulo e a Sabesp. Caso a pessoa não conste em nenhum dos cadastros, ela é inquirida por grupos de moradores mais antigos que perguntam, por exemplo, em qual local a pessoa residia e quem eram os vizinhos.

Segundo a coordenadora da Regional Sudeste da Secretaria Municipal da Habitação (Habi-Sudeste), Sueli Girardi, esse trabalho evita distorções e garante que os desabrigados serão atendidos e que supostos aproveitadores não irão se beneficiar.

”Muitos vão embora por conta própria, quando percebem que não se sustenta o relato de que morava no local, não constando em nenhuma lista de nenhum órgão e os moradores mais antigos não o conhecem”, afirmou Sueli Girardi.