quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Estudantes surdos participam de exame vestibular da Unesp


Projeto da Unesp de Marília estimula inclusão no ensino superior



Nas últimas décadas a expansão do ensino superior tem sofrido influência das mudanças políticas governamentais do cenário mundial, aliadas às transformações econômicas e culturais do desenvolvimento da pessoa com deficiência, na sociedade inclusiva. Tornar a educação superior igualmente acessível a todos que desejam cursá-la tem se constituído uma das metas principais dos que legislam sobre o direito básico do acesso à Educação e para a Unesp não tem sido diferente.
Preocupada em favorecer o acesso ao ingresso na Educação Superior, a FFC em parceria com a Pró-reitoria de Extensão - Proex e com apoio do “Programa Observatório em Educação” da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Edital 49/2012), desenvolve o projeto intitulado ‘Inclusão no Ensino Superior: análise de um curso preparatório para estudantes surdos ao exame vestibular’.

A proposta objetiva ofertar e avaliar um programa preparação ao exame vestibular para estudantes surdos, usuários da Língua Brasileira de Sinais (Libras), que concluíram o ensino médio, residentes no município de Marília.
Por conta desse projeto, 13 estudantes surdos participarão do exame de vestibular da Fundação Vestibular da Unesp – VUNESP - 2015 (MANUAL DO CANDIDATO, 2014),  no dia 16 de novembro de 2014, com o apoio e presença de “fiscais interprete de Libras” conforme previsto na Circular 277/96 (MEC) e no DECRETO Nº 59.591/ 2013, que orientam os critérios e procedimentos relativos à realização dos concursos públicos de pessoas com deficiência.


De acordo com os dados concedidos pela VUNESP, das 270 solicitações de “atendimento diferenciado” por conta da condição da deficiência, 58 se autodeclararam surdos e usuários da Libras. Do total de alunos identificados com surdez, apenas 13 requisitaram os serviços de “guia interprete”, sendo todos oriundos do município de Marília.  

Participar do vestibular da VUNESP parece ser um fato recente para os surdos em Marília que, começam a sonhar e planejar a formação profissional na universidade pública. Tal conquista representa um passo importante da VUNESP no cumprimento de políticas públicas que sejam capazes de sobrepujar as dicotomias existentes do acesso e participação de pessoas com deficiência a Educação Superior.





O projeto
O projeto ‘Inclusão no Ensino Superior: análise de um curso preparatório para estudantes surdos ao exame vestibular’ está articulado com o Acordo de Pesquisa Internacional entre pesquisadores do Programa de Pós Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista – Câmpus de Marília Brasil e Faculdade de Psicologia da Universidade de La Republica do Uruguai – UR, que tem por finalidade desenvolver estudos e pesquisas sobre práticas inclusivas para pessoas com deficiências na Educação Superior, ambos coordenados - pela Profa. Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins (Departamento de Educação Especial – FFC/Marília), desde junho/2014.