quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Heliópolis é o primeiro bairro da América Latina a receber Iluminação LED




Em visita a quadra da União de Núcleos e Associações dos Moradores de Heliópolis e Região - UNAS nesta terça-feira 29 de setembro o secretário de Serviços da Prefeitura de São Paulo Sr. Simão Pedro apresentou o projeto de remodelação das lâmpadas na comunidade. Os trabalhos de implementação dos novos equipamentos foram iniciados no último dia 21 de setembro e a expectativa de conclusão e até novembro desde mesmo ano.




 Apresentação do projeto de iluminação para Heliópolis
A implantação das novas lâmpadas trará uma economia de quase 50% de energia elétrica em relação ao que é gasto hoje na comunidade com as lâmpadas amarelas. Mais de 23 mil metros de ruas serão iluminadas por cerca de 1189 luminárias LED, beneficiando uma população de 200 mil pessoas em Heliópolis.
A luta por iluminação de qualidade na comunidade já vem de alguns anos, mas após o "Lanternaço" promovido pela UNAS, através de seu Movimento de Mulheres e a nossa parceira Actionaid Brasil o assunto ganhou nova força. Diversas mulheres percorreram as ruas consideradas mais escuras e inseguras da comunidade para reivindicar a melhoria na iluminação pública.
Em pesquisa recente realizada com as moradoras de Heliópolis, a ActionAid constatou que 40% das entrevistadas já desviaram o caminho porque ficaram com medo de passar por uma rua escura. 100% delas disseram que a iluminação eficiente dá mais segurança. “Melhorar a iluminação pública em Heliópolis foi uma das reivindicações das mulheres do bairro por meio das ações da campanha Cidades Seguras. Isso vai garantir mais tranquilidade e mobilidade para elas. Esperamos que outros gestores públicos estejam atentos à importância de aperfeiçoar a oferta dos serviços nas cidades brasileiras, principalmente nas áreas de periferia, que são as mais carentes de atendimento”, disse a assistente de Programas da ActionAid no Brasil, Gabriela Pinto.



Foto do Lanternaço realizado em setembro de 2014
A escolha do bairro foi feita após conversas do Prefeito Fernando Haddad com a comunidade e lideranças locais